De Santarém a Londres – como aconteceu o contrabando de sementes de seringueira no Pará

Como aconteceu o contrabando de 70 mil sementes de seringueira do Brasil para a Inglarerra, de Santarém a Londres. Um dos maiores casos de biopirataria no mundo. Um fato ocorrido no ano de 1876, que fez o Brasil, 30 anos depois mergulhar em uma grande crise econômica, com o final do ciclo da borracha.

O personagem principal é o inglês Henry Alexandre Wickham, o responsável pelo fim do ciclo da borracha no Brasil. Tudo em função de sua missão de levar de Sanatrém até o porto de Liverpool, no navio Amazonas, 70 mil sementes de seringueiras, extraídas das imediações da vila de Boim, localizada a 68 quilômetros de Santarém, às margens do Rio Tapajós.

É tido como o primeiro caso de biopirataria no Brasil. As sementes de seringueira foram contrabandeadas do Brasil. A cidade de Santarém foi utilizada para servir de residência para Henry Wickham, e sua família, por 5 anos. Período em que tentou atuar como fazendeiro, mas foi no trato com a borracha, com as seringueiras, que levou do Brasil a maior riqueza econômica de então.

Uma história que envolve o Império Britânico (Coroa Inglesa), o Real Jardim Botânico de Kew, o diretor do Jardim Botânico, Joseph Dalton Hooker, Henry Wickham e uma estratégia das mais ousadas, que transferiram com o passar dos anos a hegemonia do comércio da borracha do Brasil para o Sudeste Asiático, que a partir de 1910 passou a dominar as exportações de borracha no mundo, transferindo o porto de Belém do Pará para o de Cingapura, como o mais movimento do mundo na exportação do produto.

Avalie este item
(0 votos)
Turismo Aqui

Turismo Aqui é um canal de viagem que destaca o turismo na Amazônia. O objetivo é integrar a região Norte através dessa atividade econômica que faz uma ligação direta com a maior vocação de todas os estados da região, que tem na natureza uma vantagem competitiva significativa. Vídeos novos são lançados toda terça e sexta-feira, às 18h. Eventualmente, postamos aos domingos.

https://www.youtube.com/turismoaqui

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Facebook

Oi! Clique em nosso atendente abaixo para conversar no WhatsApp ou envie um email para atendimentoturismoaqui@gmail.com.br

Fale conosco via Whatsapp
Close and go back to page